Programação

27 Mai
08h30-17h30
Minicurso

Saiba mais

x

27 de maio - 08h30-17h30

Minicurso

MC 1: FUNDAMENTOS DE SEGURANÇA DE PROCESSO BASEADA EM RISCO

MC 2: INI | Inspeção Não Intrusiva – Normas e Regulamentos Técnicos Aplicáveis

MC 3: Metalurgia e falha dos materiais metálicos

MC 4: Técnicas de END aplicadas a API 579

MC 5: Reparo de tubulações metálicas corroídas usando compósitos de matriz polimérica

MC 6: Tensões Residuais em Estruturas e Tubulações

MC 7: Pintura Industrial – Básico

MC 8: Galvanização – Processos e Aplicações

MC 9: Corrosão Interna – Dutos e Terminais

MC 10: Redução de Custos no Processo GMAW

28 Mai
12h
Sessão Plenária
x

28 de maio - 12h

Sessão Plenária

28 Mai
10h
Cerimônia de Abertura
x

28 de maio - 10h

Cerimônia de Abertura

28 Mai
12h
Abertura da Exposição
x

28 de maio - 12h

Abertura da Exposição

28 Mai
14h-16h
Sessões de Trabalhos Técnicos
x

28 de maio - 14h-16h

Sessões de Trabalhos Técnicos

28 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 01] - Caldeiras e Vasos de Pressão de Produção Seriada Certificados Conforme Portarias do INMETRO

Saiba mais

x

28 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 01] - Caldeiras e Vasos de Pressão de Produção Seriada Certificados Conforme Portarias do INMETRO

[SE 01] – Caldeiras e Vasos de Pressão de Produção Seriada Certificados Conforme Portarias do INMETRO

Coordenador: Antônio Carlos Leal (IBP)

Objetivo: Esta Seção Especial tem como objetivo apresentar os requisitos que fabricantes, importadores e comerciantes de caldeiras e vasos de pressão de produção seriada devem cumprir para o atendimento da certificação compulsória do INMETRO de acordo com as portarias 248/14 e 255/14. Serão abordadas as principais dificuldades do processo de certificação, o impacto na qualidade na fabricação destes equipamentos no Brasil, o desafio de controlar a importação de equipamentos não conformes e os requisitos que usuários e proprietários devem considerar na aquisição e manutenção destes equipamentos.

28 Mai
18h
Coquetel de Confraternização
x

28 de maio - 18h

Coquetel de Confraternização

28 Mai
12h-20h
Visita à Exposição (aberta ao público)
x

28 de maio - 12h-20h

Visita à Exposição (aberta ao público)

28 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 02] - FRIM - O&G Subsea Integrity Management Forum

Saiba Mais

x

28 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 02] - FRIM - O&G Subsea Integrity Management Forum

[SE 02] – FRIM – O&G Subsea Integrity Management Forum

Coordenador: João Conte (ABENDI e ASNT)

28 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 03] - Estado da Arte e Aplicações da Radiografia e Tomografia Computadorizada

Saiba Mais

x

28 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 03] - Estado da Arte e Aplicações da Radiografia e Tomografia Computadorizada

[SE 03] – Estado da Arte e Aplicações da Radiografia e Tomografia Computadorizada

Coordenador: João Conte (ABENDI)

Objetivo: A sessão “Estado da arte e aplicações da Radiografia e Tomografia Computadorizada” apresentará os avanços tecnológicos e digital no desenvolvimento das técnicas de Ensaios não Destrutivos baseadas na utilização das radiações ionizantes: Radiografia e Tomografia Computadorizada. Apresentará também a evolução das técnicas em termos de qualidade da imagem e o seu avanço na velocidade nos processos de inspeção em tempo real. Serão apresentados casos e aplicações dessa tecnologia digital na indústria de tubulações, casos presentes e futuros.

Moderador: Ricardo Tadeu Lopes – COPPE/UFRJ

Palestrante 1: Ricardo Tadeu Lopes – COPPE/UFRJ
Tema: Estado da arte da técnica de Tomografia Computadorizada

Palestrante 2: Davi Ferreira de Oliveira – COPPE/UFRJ
Tema: Estado da arte da técnica de Radiografia Digital

Palestrante 3: Robson Manao – Tenaris CONFAB
Tema: Aplicações da Radiografia Digital na indústria

28 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 04] - Preparação de Superfícies Metálicas

Saiba Mais

x

28 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 04] - Preparação de Superfícies Metálicas

[SE 04] – Preparação de Superfícies Metálicas

Coordenador: Erik Nunes Barbosa (ABRACO)

28 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 05] - Integridade de Equipamentos na Visão de Segurança de Processos

Saiba Mais

x

28 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 05] - Integridade de Equipamentos na Visão de Segurança de Processos

[SE 05] – Integridade de Equipamentos na Visão de Segurança de Processos

Coordenador: Wallace Carmona (IBP)

Objetivo: A indústria de Petróleo e Gás vem superando desafios cada vez maiores de produtividade, custos de investimento e manutenção, monitoração de integridade e performance operacional, sem jamais descuidar da segurança das pessoas e das instalações. Diretamente associada à Integridade dos Equipamentos está a Segurança de Processo. Neste painel discutiremos os pilares da Segurança de Processos nas aplicações industriais e a importância da Integridade de Equipamentos e Instalações na garantia da conservação do inventário das plantas de produção, seus indicadores, e exemplos de aplicações e boas práticas na indústria de petróleo e gás.

Moderador: Wallace Carmona – Consultor – Petrobras

Palestrante 1: Alexandre Glitz – CCPS / AIChE
Tema: Segurança de Processo com Foco na Integridade de Equipamentos e Instalações

Palestrante 2: Nicolau Serra – DuPont
Tema: Sensibilização de Pessoas na Segurança de Processo

Palestrante 3: Helton Santana – Petrobras / Poços
Tema: Aplicações de Segurança de Processo na Petrobras

28 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 06] - Inspeção em Tanques de Armazenamento

Saiba Mais

x

28 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 06] - Inspeção em Tanques de Armazenamento

[SE 06] – Inspeção em Tanques de Armazenamento

Coordenador: Teófilo Sousa (IBP)

Objetivo: A COTEQ 2019 promoverá um Fórum sobre Tanques de Armazenamento que visa aprimorar o conhecimento técnico, com a divulgação de inovações, boas práticas e a abordagem deste equipamento pela recente revisão da NR-13.
Todos os profissionais das áreas de Petróleo & Gás, Petroquímica, Papel & Celulose, Química, Sucroalcooleira e todos os outros interessados pelo tema estão convidados para este evento que propiciará a integração entre as áreas industriais, nivelando o conhecimento nas empresas que utilizam esse importante equipamento em seus parques industriais.
Na parte final do evento haverá uma mesa redonda com debate sobre o assunto, troca de experiências que deram certo, assim como alertas para as experiências que deram errado.
Venha participar e contribuir com a comunidade técnica para aprimoramento de normas nacionais, criação de grupos tecnológicos, ampliação da literatura sobre o assunto e disseminação das implicações da inclusão de tanques metálicos pela NR-13.

Moderador: Teófilo Antônio de Sousa – Diretor Presidente – Integra Integridade de Equipamentos

Palestrante 1: Alexandre Gioia – Engenheiro de Equipamentos – Petrobras / REDUC
Tema: Principais Problemas e Mecanismos de Danos em Tanques de Armazenamento

Palestrante 2: Carlos André Tavares de Moura – Consultor – Petrobras/Gerência Setorial de Conformidade da Integridade
Tema: Regulamentação de Tanques de Armazenamento na Norma NR-13

Palestrante 3: Irwin Guedes – Engenheiro de Terminais e Dutos – Petrobras Transporte
Tema: Planos e Periodicidade de Inspeção de Tanques

Palestrante 4: Júlio Endress Ramos – NDE Engineer – Petrobras/CENPES
Tema: Tecnologias para Inspeção e Monitoração de Tanques

28 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 07] - Reparos e Alterações em Vasos de Pressão e Caldeiras

Saiba Mais

x

28 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 07] - Reparos e Alterações em Vasos de Pressão e Caldeiras

[SE 07] – Reparos e Alterações em Vasos de Pressão e Caldeiras

Coordenador: Heleno Simões (IBP)

Objetivo: Quando uma indicação de inspeção não atender aos requisitos da Norma Técnica aplicável, deve ser aberto um tratamento de reparo ou alteração. Esse reparo deve ter um procedimento específico e atender ao Código de projeto.
Entretanto, deve-se considerar que reparos, além das exigências requeridas por norma, muitas vezes introduzem problemas relacionados com o procedimento. Por exemplo, tensões residuais, deformações, e danos metalúrgicos. Nesses casos muitas vezes é melhor avaliar a adequação ao uso com a presença do dano do que reparar. Serão mostradas estatísticas de amostras de casos avaliados, em que as indicações se mostraram aceitáveis, e levantamento do fator de segurança de casos ocorridos e avaliados, relatados em publicações.

Moderador: Heleno R. Simões – Consultor Confab

Palestrante 1: Emilio Giannella Neto – Sócio – Pfaudler

Palestrante 2: Isabel Ferreira – Consultora

Palestrante 3: André Beim – Sócio Fundador – TRESCA Engenharia

Palestrante 4: Roberto Kuratomi – Gerente de Downstream – Lloyd’s Register

29 Mai
10h
Sessão Plenária - O Futuro da Geração Elétrica Nuclear no Brasil

Saiba Mais

x

29 de maio - 10h

Sessão Plenária - O Futuro da Geração Elétrica Nuclear no Brasil

O Futuro da Geração Elétrica Nuclear no Brasil

Palestrante: Leonam dos Santos Guimarães – Presidente da Eletronuclear

29 Mai
14h-16h
Sessões de Trabalhos Técnicos
x

29 de maio - 14h-16h

Sessões de Trabalhos Técnicos

29 Mai
12h-20h
Visita à Exposição (aberta ao público)
x

29 de maio - 12h-20h

Visita à Exposição (aberta ao público)

29 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 08] - Equipamentos da Indústria Nuclear

Saiba Mais

x

29 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 08] - Equipamentos da Indústria Nuclear

[SE 08] – Equipamentos da Indústria Nuclear

Coordenador: José Amaral (ABENDI)

29 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 09] - Necessidade e Desafios da Certificação de Fabricantes de Válvulas de Segurança

Saiba Mais

x

29 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 09] - Necessidade e Desafios da Certificação de Fabricantes de Válvulas de Segurança

[SE 09] – Necessidade e Desafios da Certificação de Fabricantes de Válvulas de Segurança

Coordenador: Antônio Carlos Leal (IBP)

Objetivo: A Seção tem como objetivo discutir as dificuldades e os desafios que devem ser enfrentados antes da implementação de uma certificação compulsória para os fabricantes de válvulas de segurança no Brasil de acordo com os requisitos dos códigos e normas de caldeiras e vasos de pressão. Serão abordados os requisitos de certificação exigidos pelo ASME/National Board, o escopo inicial a ser contemplado em uma certificação, os recursos necessários para a implementação da certificação e a necessidade de capacitação de empresas que executam reparos e manutenção em válvulas de segurança certificadas.

29 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 10] - Pesquisa & Desenvolvimento em Equipamentos Industriais

Saiba Mais

x

29 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 10] - Pesquisa & Desenvolvimento em Equipamentos Industriais

[SE 10] – Pesquisa & Desenvolvimento em Equipamentos Industriais

Coordenadora: Gabriela Pereira (ABENDI)

Objetivo: O conhecimento científico é fundamental para o desenvolvimento da tecnologia necessária ao sucesso da atividade industrial e da vida econômica em geral. Uma questão crucial é a conexão entre a ciência, principalmente a gerada na academia e em instituições públicas, e a tecnologia aplicada na indústria. São duas as vias de conexão: os inovadores em ciência criam um produto tecnológico a ser utilizado comercialmente pela indústria; ou a indústria identifica uma necessidade e recorre à ciência para gerar o produto. Pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico no ambiente metal-mecânico brasileiro datam do início do século XX. Ciclos de ampliação do horizonte da pesquisa científica se instalaram com a promoção da carreira docente nas instituições públicas de ensino, nas quais oportunidades de pós-graduação foram oferecidas a professores que passaram então a ser estimulados a divulgar seus resultados, e com a implantação dos fundos setoriais, modelo através do qual empresas que exploram concessões públicas se obrigam a investir em pesquisa e desenvolvimento em temas de seu interesse. O desafio atual é encontrar os meios mais eficazes para transformar em tecnologia o vasto capital humano e de conhecimento científico acumulado nas últimas décadas. Esse é o objeto central da discussão proposta na presente Sessão Especial, com foco em equipamentos industriais.

Moderadora: Gabriela Ribeiro Pereira – LNDC/PEMM/UFRJ

Palestrante 1: Prof. Thomas Clark – UFRGS/LAMEF

Palestrante 2: Gabriela Pereira – LNDC/UFRJ

Palestrante 2: Olga Ferras – INT

Palestrante 3: Agildo Moreira Badaró – Petrobras/Cenpes

29 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 11] - Certificação de PH | NR-13

Saiba Mais

x

29 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 11] - Certificação de PH | NR-13

[SE 11] – Certificação de PH | NR-13

Coordenador: Odilon Horta (IBP)

29 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 12] - Inspeção de Materiais Compósitos

Saiba Mais

x

29 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 12] - Inspeção de Materiais Compósitos

[SE 12] – Inspeção de Materiais Compósitos

Coordenador: Wallace Carmona (IBP)

Objetivo: Os materiais compósitos nas suas mais diversas aplicações na indústria trouxe ganhos em produtividade, maior disponibilidade de equipamentos e ganho de rentabilidade. Junto com o desenvolvimento destes novos materiais e aplicações, existe o desafio de garantir a integridade e a performance em serviço. Neste painel discutiremos os desafios existentes, as técnicas mais empregadas e em desenvolvimento e as experiências nas aplicações na indústria química e de petróleo e gás.

Moderador: Wallace Carmona – Consultor – Petrobras-CENPES

Palestra 1: Henrique dos Reis – BASF

Palestra 2: Jarbas Cabral Fagundes – Braskem

Palestra 3: Sergio Damasceno – Petrobras/CENPES

29 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 13] - Integridade Estrutural - Presente e Futuro

Saiba Mais

x

29 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 13] - Integridade Estrutural - Presente e Futuro

[SE 13] – Integridade Estrutural – Presente e Futuro

Coordenador: Ricardo Caldeira (IBP)

Objetivo: A inspeção de tubulações e vasos de pressão em serviço contínuo, como hoje se entende, começou no Brasil em meados da década de 50 com o advento do refino de petróleo. Nas décadas seguintes o desafio foi implementar métodos de inspeção cada vez mais eficientes para identificar efeitos de mecanismos de dano que comprometessem a integridade estrutural. O foco da Engenharia de Inspeção nessa época era identificar, quantificar, corrigir e mitigar danos existentes. A partir dos anos 90 consolidou-se a gestão técnica da inspeção voltada para a administração do risco. Os documentos API 579 / ASME FFS-1: Fitness for Service e API 580: Risk-Based Inspection são marcos desse período. Cabe discutir o futuro da antiga Engenharia de Inspeção. A tecnologia da informação permeou para os sistemas supervisórios das unidades de processo que permitem o acúmulo de dados sobre as variáveis de controle em escala de big data. Vivemos a Industria 4.0. Robótica, monitoramento e sensorização, bem como modelos de digital twin que podem estar associados ao futuro da Engenharia de Inspeção. Uma tendência é que os especialistas em integridade estrutural passem a aperfeiçoar procedimentos de coleta de informações em larga escala e de interpretação do conteúdo de modo a projetar meios que evitem, ou atenuem a ameaça dos mecanismos de dano potencialmente ativos em tempo real. Nesse caminho confluiriam conhecimentos hoje segmentados na própria inspeção e nas artes da instrumentação, controle e informática. Nesse cenário a inspeção deixaria para traz a busca de comprometimentos à integridade estrutural já estabelecidos e priorizaria a prevenção da atividade dos mecanismos de dano.

29 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 14] - Corrosão em Estruturas de Concreto

Saiba Mais

x

29 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 14] - Corrosão em Estruturas de Concreto

[SE 14] – Corrosão em Estruturas de Concreto

Coordenadora: Zehbour Panossian (ABRACO)

30 Mai
12h-13h
Cerimônia de Premiações
x

30 de maio - 12h-13h

Cerimônia de Premiações

30 Mai
10h-16h
Visita à Exposição (aberta ao público)
x

30 de maio - 10h-16h

Visita à Exposição (aberta ao público)

30 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 15] - Análise de Falhas e Mecanismos de Dano

Saiba Mais

x

30 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 15] - Análise de Falhas e Mecanismos de Dano

[SE 15] – Análise de Falhas e Mecanismos de Dano

Coordenador: Tito Fernando da Silveira (ABENDI)

30 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 16] - Tópicos Avançados em Integridade de Equipamentos

Saiba Mais

x

30 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 16] - Tópicos Avançados em Integridade de Equipamentos

[SE 16] – Tópicos Avançados em Integridade de Equipamentos

Coordenador: Jarbas Fagundes (ABENDI)

Palestrante 1: Guilherme Donato – Petrobras/Cenpes
Tema: Autorefrigeração em Equipamentos e Tubulações: Critérios de Avaliação

Palestrante 2: Jarbas Fagundes – Braskem
Tema: Práticas Recomendadas API: Uma Visão Geral com Foco em Integridade Mecânica de Equipamentos Estáticos

Palestrante 3: Muriclo Camerini – Ouro Negro
Tema: Monitoramento Contínuo de Risers Flexíveis com Uso de Sensores a Fibra Ótica

Palestrante 4: Marcos Pereira – PUC-Rio
Tema: Além dos 10E7: Novos Conceitos em Fadiga

30 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 17] - Integridade de Reparos Compósitos para Dutos

Saiba Mais

x

30 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 17] - Integridade de Reparos Compósitos para Dutos

[SE 17] – Integridade de Reparos Compósitos para Dutos

Coordenadores: Fábio Toshio e Sergio Molle (ABCM)

Objetivo: Nesta sessão será apresentado brevemente o estado da arte sobre reparos compósitos para dutos, incluindo aspectos de aplicação e de avaliação de integridade dos reparos. A mesa será composto por três especialistas no assunto, incluindo representante da academia e indústria. Reparos poliméricos para estruturas, incluindo tubulações, possibilitam a extensão da vida útil dos sistemas com consequente redução de custos de substituição.
Moderador: Prof. José L. F. Freire – PUC-Rio

Palestrante 1: Valber Perrut – Petrobras/CENPES

Palestrante 2: Ana Lucia Fampa Seabra d’Almeida – Engenheira de Equipamentos – Petrobras/CENPES

Palestrante 3: Prof. Heraldo Silva da Costa Mattos – UFF

Palestrante 4: Prof. Eduardo Sampaio – UERJ

30 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 18] - Responsabilidade Civil e Criminal dos Profissionais

Saiba Mais

x

30 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 18] - Responsabilidade Civil e Criminal dos Profissionais

[SE 18] – Responsabilidade Civil e Criminal dos Profissionais

Coordenadores: Odilon Horta e Tito Fernando da Silveira (IBP)

30 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 19] - INI - Inspeção não Intrusiva

Saiba Mais

x

30 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 19] - INI - Inspeção não Intrusiva

[SE 19] – INI – Inspeção não Intrusiva

Coordenador: Luiz Carlos Greggianin (IBP)

Objetivo: A recente aprovação da possibilidade de uso da INI para os equipamentos NR13, de categoria I e II para as empresas já certificadas com SPIE, abre um novo horizonte para a engenharia de inspeção brasileira. O documento técnico ABNT NBR 16455 – Vasos de Pressão – Metodologia de Inspeção Não Intrusiva, requer estudos aprofundados de mecanismos de danos, corrosão, históricos de inspeção/operação e ensaios não destrutivos, aumentando a exigência do nível de conhecimento técnico das equipes executantes. Por sua vez, os sistemas digitalizados existentes nas unidades de processo permitem a rápida coleta de inúmeras informações, auxiliando nos diagnósticos de integridade, bem como os aplicativos da metodologia de Inspeção Baseada em Risco – API580 compõem um cenário de informações básicas fundamentais da INI. De outro lado a multidisciplinariedade entre as especialidades de engenharia de processo/operação com a engenharia de inspeção, direcionam para uma alta confiabilidade dos planos de inspeção.

Assim, esta sessão apresentará casos práticos de uso da metodologia, visão dos usuários e tendência da aplicação da INI buscando promover o debate e a divulgação para a comunidade técnica deste avanço da NR13.

30 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 20] - Corrosão Aliada a Esforços Mecânicos

Saiba Mais

x

30 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 20] - Corrosão Aliada a Esforços Mecânicos

[SE 20] – Corrosão Aliada a Esforços Mecânicos

Coordenadora: Hermano Cezar Jambo (ABRACO)

30 Mai
16h-18h
Sessão Especial [SE 21] - Certificação de Pessoas como Fator de Aumento de Produtividade

Saiba Mais

x

30 de maio - 16h-18h

Sessão Especial [SE 21] - Certificação de Pessoas como Fator de Aumento de Produtividade

[SE 21] – Certificação de Pessoas como Fator de Aumento de Produtividade

Coordenadora: Zenilda Vieira (FBTS)

Objetivo: Ampliar o debate sobre Certificação de Pessoas como fator implementador de produtividade e qualidade, gerando segurança operacional, ambiental e para a sociedade. Participação de diversos segmentos, entre certificadores e usuários, demonstrando o atual estágio da certificação, da metodologia e resultados obtidos, com objetivo de divulgar ao mercado em geral e principalmente aos novos players do segmento construtivo e de manutenção no brasil, as disponibilidades de pessoal e dos trabalhos das entidades certificadoras.

30 Mai
13h
Sessão Plenária - Ferramentas da Indústria 4.0 na Integridade de Ativos

Saiba Mais

x

30 de maio - 13h

Sessão Plenária - Ferramentas da Indústria 4.0 na Integridade de Ativos

Ferramentas da Indústria 4.0 na Integridade de Ativos

Palestrante: Claudio Makarovsky – Head O&G Siemens e Presidente da ABESPETRO